Carrinho de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

AUTONOMIA
Product ID: 5979
Product SKU: 5979
New In stock />
EMPRESAS ALEMAS NO BRASIL: O 7 A 1 NA ECONOMIA

EMPRESAS ALEMAS NO BRASIL: O 7 A 1 NA ECONOMIA

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Se o placar de 7×1 na Copa de 2014 foi inesperado para uma partida entre Brasil e Alemanha, nas relações econômicas bilaterais essa disparidade é a regra. Historicamente, a balança comercial entre os dois países é uma goleada em favor dos alemães. E o esquema de jogo é conhecido: enquanto compramos máquinas e produtos industrializados, vendemos matérias-primas.

Os negócios começaram com Dom Pedro II, que ainda no século XIX importou as primeiras armas alemãs para o Brasil, e se intensificaram durante o “milagre econômico”, promovido pelo regime militar à base de repressão, arrocho salarial e endividamento público. Hoje, a Grande São Paulo é a região que mais concentra empresas alemãs fora da Europa.

Contudo, esse investimento internacional — que muita gente vê como sinônimo de progresso — guarda uma face pouco conhecida, permeada por superexploração do trabalho, violações aos direitos humanos, destruição ambiental, influência política e lucros estratosféricos. É o que demonstra Christian Russau em Empresas alemãs no Brasil: o 7×1 na economia, publicado pela Fundação Rosa Luxemburgo e pela ONG medico internacional em parceria com a Editora Elefante e a Autonomia Literária.

Munido de farta documentação, o jornalista revela que empresas alemãs apoiaram a prisão e a tortura de sindicalistas durante a ditadura; faturaram com os riscos decorrentes da construção de grandes barragens na Amazônia; se beneficiaram da extração de minério de ferro nas jazidas do país; se envolveram em casos de corrupção; e colaboraram para a poluição de rios e solos, e para a intoxicação de trabalhadores brasileiros.

A investigação de Christian Russau demonstra que, se as mazelas da “relação especial” entre Brasil e Alemanha se limitassem a um jogo humilhante no estádio do Mineirão, o cenário não seria tão trágico. O problema são todas as demais partidas que os brasileiros — não os atletas, mas a população mais vulnerável e desassistida — enfrentam todos dias contra gigantes transnacionais que, com o apoio das elites locais, entram em campo sem respeitar as regras, e muitas vezes com o juiz comprado.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Editora: AUTONOMIA
  • Título: EMPRESAS ALEMAS NO BRASIL: O 7 A 1 NA ECONOMIA
Produtos Visitados

Fale conosco

Formulário de Contato
(62) 98249-0022
contato@livrariapalavrear.com.br
Segunda-feira - 11 às 20h
Terça a sexta-feira - 10 às 20h
Sábado - 9 às 13h

Siga a Palavrear:

Pagamento

Pagamento à prazo
  • Cartão Visa - Yapay
  • Cartão MasterCard - Yapay
  • Cartão Amex - Yapay
  • Cartão Elo - Yapay
  • Cartão Hipercard - Yapay
  • Cartão Hiper - Yapay
Pagamento à vista
  • Boleto - Yapay
  • Auxílio Emergencial Caixa - Yapay

Segurança

  • Google Safe
  • Loja Protegida

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial. Preços e estoque sujeito a alterações sem aviso prévio.
Palavrear Comércio de Livros Ltda. CNPJ: 21.556.755/0001-47 - Rua 232, nº 338, Setor Universitário - Goiânia/ GO