Carrinho de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

Estação Liberdade
Product ID: 85115
Product SKU: 85115
New In stock />
Divã ocidento-oriental

Divã ocidento-oriental

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

O Divã ocidento-oriental é o resultado do movimento de Goethe em direção ao Oriente, "de onde há milênios têm chegado a nós tantas coisas grandiosas, boas e belas". Este desejo teve sua gênese no encontro do poeta alemão com o Diwan, do persa Hafez. Reunindo mais de 500 gazéis (poemas curtos e líricos, de temática mística ou amorosa), o Diwan de Hafez circulava pelo Oriente desde o século XIV. Quando a primeira tradução integral deste conjunto chega a Goethe, ele é arrebatado por sua leitura e tomado de uma necessidade de responder produtivamente à "poderosa aparição" de Hafez, a quem Goethe passou a considerar um "gêmeo". O alemão, então com 64 anos, decide renovar-se como criador e empreender sua viagem literária rumo ao Oriente. Por meio de leituras, pesquisas e traduções, o poeta se transplanta ao antigo mundo das Mil e uma noites, às civilizações dos livros sagrados e suas tradições poéticas. O Divã ocidento-oriental é o relato dessa imersão. Sob estes signos, Goethe produz intensamente - só no primeiro ano de trabalho foram mais de 100 poemas. Ao fim do processo, as poesias "orientalizantes" foram reunidas em 12 livros temáticos. Os versos cantam o amor, a guerra, as religiões abraâmicas, o zoroastrismo, a sabedoria popular, a própria poesia, a mística islâmica do sufismo, bem como o êxtase da sensualidade e dos prazeres do corpo, incluídos aí a comida e o vinho. Aos poemas segue-se uma seção em prosa, em que Goethe destrincha seu fazer poético, suas fontes e brinda suas ideias sobre a história da literatura e da tradução. Outro encontro marcante na história do Divã é o de Goethe com Marianne von Willemer. A jovem é a interlocutora do jogo dialógico-amoroso presente em todo o Divã, onde assume a figura de Zuleica e Goethe, a de Hatem. No "Livro de Zuleica", três poemas são da pena de Marianne, embora nunca creditados. Esta tradução é a primeira vez em que a íntegra da poesia (aqui em versão bilíngue) e da prosa que compõem o Divã ocidento-oriental aparecem conjuntamente em português. O trabalho foi objeto de doutorado do tradutor e pesquisador Daniel Martineschen. O tradutor também assina um posfácio que conta mais sobre a escrita do Divã por Goethe, a história das traduções da obra, e a história da presente tradução.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Autor: GOETHE, JOHANN WOLFGANG
  • Editora: Estação Liberdade
  • Título: DIVÃ OCIDENTO-ORIENTAL
  • ISBN: 9788574483078
  • Número de páginas: 448
  • Acabamento: Livro brochura (paperback)
Produtos Visitados

Fale conosco

Formulário de Contato
(62) 98249-0022
contato@livrariapalavrear.com.br
Segunda-feira - 11 às 20h
Terça a sexta-feira - 10 às 20h
Sábado - 9 às 13h

Siga a Palavrear:

Pagamento

Pagamento à prazo
  • Cartão Visa - Yapay
  • Cartão MasterCard - Yapay
  • Cartão Amex - Yapay
  • Cartão Elo - Yapay
  • Cartão Hipercard - Yapay
  • Cartão Hiper - Yapay
Pagamento à vista
  • Boleto - Yapay
  • Auxílio Emergencial Caixa - Yapay

Segurança

  • Google Safe
  • Loja Protegida

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial. Preços e estoque sujeito a alterações sem aviso prévio.
Palavrear Comércio de Livros Ltda. CNPJ: 21.556.755/0001-47 - Rua 232, nº 338, Setor Universitário - Goiânia/ GO